por Não leve por trás
24 out 2023 às 08:55




As considerações finais de um relatório de determinados documentos podem ressaltar tudo o que foi feito, como foi feito e quais foram os resultados. Visto que esse é crucial para que outros pesquisadores possam construir sobre o trabalho existente. 

Aqui estão algumas características importantes das considerações finais projetos de relatório:

Síntese dos Principais Resultados: As considerações finais devem começar com uma síntese dos principais resultados e descobertas da pesquisa. Isso permite ao leitor relembrar os aspectos mais importantes do estudo.

Reafirmação dos Objetivos: É útil reafirmar os objetivos da pesquisa para mostrar como eles foram alcançados ou quais questões foram respondidas.

Discussão das Implicações: As considerações finais devem abordar as implicações dos resultados. Isso pode incluir discussões sobre a relevância dos resultados para a área de estudo, para a sociedade ou para questões práticas.

Comparação com a Literatura Existente: É importante contextualizar os resultados em relação à literatura existente. As considerações finais podem destacar como os resultados se alinham ou se diferenciam das pesquisas anteriores.

Limitações da Pesquisa: É apropriado reconhecer as limitações da pesquisa. Isso inclui discutir qualquer viés, restrições metodológicas ou áreas onde os resultados podem não ser generalizáveis.

Recomendações: As considerações finais podem incluir recomendações para futuras pesquisas. Isso pode abranger questões não resolvidas ou áreas que merecem investigação adicional.

Aplicação Prática: Se aplicável, as considerações finais podem discutir como os resultados podem ser aplicados na prática. Isso é especialmente importante em pesquisas com relevância para políticas públicas ou para o mundo dos negócios.

Mensagem de Encerramento: As considerações finais devem terminar com uma mensagem de encerramento que resuma os principais pontos e destaque a importância do estudo.

Brevidade e Clareza: As considerações finais devem ser escritas de maneira concisa e clara. Evite repetições e redundâncias.

Ligação com as Introdução: É uma boa prática fazer uma ligação entre as considerações finais e a introdução do relatório, mostrando como os resultados alcançados atendem aos objetivos inicialmente estabelecidos.

Tone e Estilo: O tom das considerações finais deve ser objetivo e profissional. Evite introduzir novos dados ou argumentos; em vez disso, concentre-se em resumir e concluir.

Destaque dos Pontos-Chave: É importante destacar os pontos-chave e as descobertas mais significativas para que fiquem facilmente visíveis ao leitor.


Estrutura de relatórios de pesquisa


Como fazer um relatório de pesquisa é uma dúvida que muitas pessoas podem ter, em especial no momento em que é necessário entender qual é a estrutura desse tipo textual. Visto que existem muitas particularidades e especificações. Por sua vez, a maioria dos relatórios de pesquisa segue uma estrutura básica que inclui as seguintes seções:

Capa: A capa do relatório contém informações como o título do relatório, o nome do autor ou autores, filiação institucional, data e, possivelmente, logotipos institucionais. Essa é a primeira página do relatório.

Resultados: Aqui, os resultados da pesquisa são apresentados de maneira clara e objetiva. Isso pode incluir gráficos, tabelas e outros elementos visuais para apoiar a apresentação dos dados. Os resultados devem responder às perguntas de pesquisa.

Discussão: A discussão interpreta os resultados em relação aos objetivos da pesquisa e à literatura relevante. Os autores podem destacar descobertas importantes, explicar implicações e discutir limitações da pesquisa.

Considerações Finais (Conclusões): Nesta seção, os autores resumem os principais pontos, destacam as implicações da pesquisa e fazem recomendações, quando apropriado. É uma oportunidade para destacar a importância da pesquisa.

Referências Bibliográficas: Todas as fontes de informação citadas ao longo do relatório devem ser listadas em uma seção de referências bibliográficas. Isso pode incluir questionários, códigos de programação, gráficos detalhados, entre outros.

Para concluir é importante destacar que as diretrizes específicas para a estrutura de um relatório de pesquisa podem variar. Portanto, é importante seguir as instruções fornecidas pela instituição, editora ou orientador, se aplicável. Certifique-se também de que seu relatório siga um estilo de citação adequado, como o APA, MLA ou outro, para citar corretamente as fontes de informação ao longo do texto e nas referências bibliográficas.






4 comentários. Comente também!

  • Comentários com links, não são aprovados instantaneamente.
  • Não admitimos racismo, homofobia ou qualquer tipo de discurso de ódio.
  • Os comentários são de total responsabilidade de seus autores, e não refletem a opinião dos criador do site.

Entre na sua conta